2 de out de 2011

O que aconteceu?

     Para começar esse post com uma frase positiva, quero parabenizar a gloriosa torcida alvinegra em comparecer em grande número no estádio Serra Dourada, chegando até a ser a maior!

      Agora para falar do jogo, não tem como eu não destacar as falhas ABSURDAS da defesa. O primeiro gol saiu logo no primeiro minuto da partida na hora em que Bida cruzou e Felipe chutou, a bola bateu no zagueiro Antônio Carlos, que mandou a redondinha para dentro do gol. Pronto, em menos de dois minutos o Fogão já perdia fora de casa, mas meu lado positivo falou mais alto: "Ah, o jogo ainda nem começou direito, tem mais 44 minutos e o segundo tempo inteiro, vamos viraaaar!". Mas a situação conseguiu piorar com o segundo gol goiano nos dez minutos da primeira etapa quando Rafael Cruz cruzou e Felipe chutou forte, a bola bate em Marcelo Mattos, que realizou um passe completamente fora do normal no qual conseguiu enganar o goleiro Jefferson e ainda por cima deu um presente nos pés de Felipe, que fez o seu segundo gol na partida. Como se não bastasse, o clube da casa criou muuuitas outras chances REAIS de gol.

      Meu Deus, e agora? Meu lado positivo continua me dando esperança: "Ainda tem muita bola pra rolar, vamos buscar uma virada.". Estou esperando até agora, por que a única bola que rolou foi pro Atlético Goianiense (parabéns ao time, fizeram uma bela partida). A situação do técnico Caio Jr vai ficar mais complicada agora, já que ele poupou grande parte dos titulares e jogou com nove reservas na partida válida pela Sul-Americana, que terminou em um empate. Tudo bem, os jogadores sentem cansaço com a grande sequencia de jogos seguidos, mas ele criou uma expectativa muito grande ao encarar o Atlético com um time completo, enquanto o time da casa tinha seis desfalques. Enfim, foi uma daquelas partidas para esquecer!

    Placar final: Atlético Goianiense 2 x 0 Botafogo

Nenhum comentário:

Postar um comentário